Ucrânia e Rússia reivindicam sucessos no combate em curso no Mar Preto

Por redação

Ambos os militares russos e ucranianos reivindicaram neste domingo (8) sucessos no que parece ser um combate em curso no Mar Preto, e mormente na Ilhota da Serpente ocupada pelos russos.

Serhiy Bratchuk, porta-voz da gestão militar da região de Odessa, disse neste domingo que um helicóptero russo na ilhéu foi atingido e destruído na noite de sábado (7). Os militares divulgaram um vídeo de drone supostamente mostrando o ataque.

Ele também disse que um pequeno paquete de desembarque com capacidade para tapume de 80 a 100 pessoas foi eliminado, muito uma vez que dois barcos de sentinela da classe Raptor.

Bratchuk disse que, de congraçamento com informações preliminares, tapume de 40 soldados russos foram mortos.

Uma imagem de satélite da manhã de domingo mostrou pelo menos uma pilastra de fumaça subindo da ilhéu.

O Ministério da Resguardo da Rússia no domingo deu uma versão muito dissemelhante dos eventos.

O major-general Igor Konashenkov disse que, durante a noite de sábado, mais dois bombardeiros Su-24 ucranianos e um helicóptero Mi-24 da Força Aérea Ucraniana foram destruídos por sistemas de resguardo aérea russos sobre a ilhéu.

Ambos os lados também relataram ataques perto do porto de Odessa. Os russos disseram ter derrubado um drone de combate Bayraktar-TB2 perto de Odesa, enquanto os militares ucranianos disseram ter interceptado dois mísseis de cruzeiro lançados por aeronaves russas.

Bratchuk disse que ao todo 10 mísseis de cruzeiro russos foram disparados na região de Odesa no sábado. A pista do aeroporto principal foi atingida novamente. Um bairro residencial também foi atingido.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também