Tertúlia de SP decide amanhã sobre cassação de Arthur do Val

Por Brunialti Welinton

A Alesp (Tertúlia Legislativa do Estado de São Paulo) votará nesta terça-feira (17) se o procuração do deputado Arthur do Val (União), publicado porquê Mamãe Falei, será cassado. A sessão está marcada para as 16h30, posteriormente o fechamento da sessão ordinária da morada.

Do Val renunciou no dia 20 de abril para tentar volver o processo de cassação, no entanto, a repúdio não surtiu efeito. Segundo o Código de Moral e Decoro Parlamentar, no Capítulo VI, item 20, consta: “O processo disciplinar regulamentado neste Código não será interrompido pela repúdio do deputado ao seu procuração, nem serão por ela elididas as sanções eventualmente aplicáveis aos seus efeitos”.

O processo seguiu na Mansão e sua legitimidade foi aprovada pela Percentagem de Constituição, Justiça e Redação da Alesp.

O ex-deputado publicado porquê “Mamãe Falei” é níveo de processo na plenário posteriormente áudios dele dizendo que as refugiadas ucranianas “são fáceis porque são pobres”, posteriormente visitar o país que está em guerra contra a Rússia.

Depois o ex-parlamentar reconhecer a autoria dos áudios, o deputado Emídio de Souza (PT) abriu um processo disciplinar contra ele por quebra de decoro parlamentar.

Depois a admissibilidade do processo contra Do Val, o Parecer de Moral votou o relatório de representação, optando pela cassação do procuração do deputado. Em 12 de abril, todos os nove integrantes da percentagem optaram pela cassação do procuração.

 

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Veja também