Weather Widgets for Websites by Weatherwidget.org

Tecnologia pode contribuir para diminuir desigualdade educacional, diz empresário

Por redação

Em entrevista à CNN Rádio, no CNN Ensino, o presidente da Wiser, Flávio Augusto, avaliou que a tecnologia “pode contribuir para penetrar a possibilidade de as pessoas alcançarem conhecimentos que não são explorados no sistema educacional formal.”

Segundo ele, há quatro habilidades necessárias para um profissional se evidenciar no mercado de trabalho: “as comportamentais, as ‘soft skills’, porquê liderança e lucidez emocional; habilidades empreendedoras, iniciativa, inovação, originalidade; habilidades profissionais, porquê inglês, pacote office, produtividade, gestão do tempo, mais ferramentais e habilidades técnicas, que são ligadas a profissão.”

Na opinião do empresário, “o sistema educacional é muito focado em habilidades técnicas, mas as outras quase sempre não aprendem, esse é o grande repto e a tecnologia pode contribuir.”

Flávio Augusto reforçou que há desigualdade na instrução, e que isso é uma instrumento de “exclusão social maior”, já que “qualquer possibilidade de mobilidade passa pela instrução e esse formato exclui a pouquidade de oportunidade.”

“A tecnologia é um instrumento para resolver esse problema, somos de uma geração que tem oportunidade, por meio da tecnologia, de resolver problemas complexos de maneira mais fácil e de grave dispêndio em relação a outras”, completou.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também