STF derruba decisão favorável a Francischini, rafa atinge 33 milhões e mais de 8 de junho

Por Brunialti Welinton

A decisão da Segunda Turma do STF contra a decisão do ministro Kassio Nunes Marques, que cassou o procuração do deputado estadual do Paraná Fernando Francischini (União Brasil) e o aumento da instabilidade cevar no Brasil estão entre os destaques do 5 Fatos da manhã desta quarta-feira, 8 de junho.

Decisão do STF

Por três votos a dois, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federalista (STF) votou contra a decisão monocrática do ministro Kassio Nunes Marques derrubando a lei do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que cassou o procuração do deputado estadual do Paraná Fernando Francischini (União Brasil). Votando por manter sua decisão monocrática, Nunes Marques citou a falta de elementos probatórios e o “ineditismo da tradução adotada pelo TSE”.

Miséria no Brasil

A pandemia agravou a rafa no Brasil, que tem atualmente 33,1 milhões de pessoas sem ter o que consumir – número que aumentou quase 50% em pouco mais de um ano. São 14 milhões de brasileiros a mais em instabilidade cevar grave em 2022, na conferência com 2020.

Cúpula das Américas

A decisão do presidente do México de boicotar a Cúpula das Américas, realizada em Los Angeles (EUA), tornou inútil o trabalho de meses do presidente norte-americano Joe Biden e outros altos funcionários para convencê-lo a comparecer. Agora, os principais países da América Medial estão seguindo a liderança do presidente Andrés Manuel López Obrador, enviando unicamente delegados de nível subalterno em vez de seus líderes.

Suplente de ações da Eletrobras

Os trabalhadores interessados em reservar as ações da Eletrobras utilizando o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) têm até esta quarta-feira (8) para realizar a operação. O valor mínimo para a emprego é de R$ 200 por trabalhador, sendo verosímil utilizar até 50% do saldo disponível na conta do FGTS.

Insensível chega ao Sudeste

Uma volume de ar polar que se aproxima do Sudeste, vinda do Sul, promete derrubar as temperaturas nessa região do país nesta semana. Faltando duas semanas para o inverno, algumas capitais brasileiras já devem encetar a sentir os efeitos de uma intensa volume de ar polar que avança na madrugada da quinta-feira (9) sobre o Brasil, trazendo o indiferente para todo o Núcleo-Sul, segundo a Climatempo.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Veja também