Weather Widgets for Websites by Weatherwidget.org

Sentimos soberania ameaçada, diz Bolsonaro ao lado de Biden sobre Amazônia

Por redação

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse nesta quinta-feira (9) que sente a soberania do Brasil ameaçada na Amazônia e que o país sabe preservar a floresta. A enunciação foi dada no primeiro encontro que ele teve com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden – a reunião bilateral ocorreu em Los Angeles durante a Cúpula das Américas.

“Muitas vezes nos sentimos ameaçados em nossa soberania nessa região [a Amazônia], mas o indumentária é que o Brasil preserva muito muito o seu território. Mais de 85% da Amazônia brasileira é preservada. Nossa legislação ambiental é muito estrita”, afirmou no trecho do encontro desimpedido à prelo.

O meio envolvente é um tema de interesse do governo Biden e a menção a ele estava prevista por representantes dos dois lados do encontro.

Bolsonaro disse que o Brasil “alimenta 1 bilhão de pessoas no mundo com cultura de cocuruto nível” e que a Amazônia tem “riquezas incalculáveis e biodiversidade, riquezas minerais e chuva potável”. Também declarou que o país pode se tornar o maior exportador de robustez limpa do mundo.

As eleições de 2022 também foram comentadas pelo presidente no encontro com Biden.

“Queremos eleições livres, confiáveis e auditáveis para que não sobre nenhuma incerteza depois o pleito. E tenho certeza ele que será realizado nesse espírito democrático. Cheguei pela democracia e tenho certeza de que quando deixar o governo também será de forma democrática.”

Fotos – Cúpula das Américas em Los Angeles, nos Estados Unidos

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também