Weather Widgets for Websites by Weatherwidget.org

Sempre defendi candidatura própria do PSDB, diz ex-presidente do partido

Por redação

Apesar da decisão do PSDB em estribar Simone Tebet (MDB-MS) na corrida para a Presidência da República, o ex-presidente do PSDB José Aníbal, reiterou, em entrevista à CNN nesta quinta-feira (9), sua preferência por uma candidatura própria da {sigla}.

“Eu defendi desde o início; Embora tenha estimulado sempre a Simone a ser candidata, eu acho que ela é uma magnífico candidata, eu defendi também, posteriormente a repúdio do [João] Doria [ex-governador de São Paulo], que nós tivéssemos um candidato, que podia ser, perfeitamente, o Eduardo Leite [ex-governador do Rio Grande do Sul”, afirmou.

A executiva do PSDB se reuniu há pouco para definir o escora à emedebista. Com a aprovação da candidatura única, as siglas devem discutir o programa de governo nas próximas semanas.

Falando à CNN antes do proclamação do resultado da votação, Aníbal antecipou que a maioria da {sigla} deveria ser favorável à Tebet “sem que isso tenha provocado muito estresse”.

Embora o presidente do PSDB, Bruno Araújo, ainda não tenha confirmado quem será candidato a vice, segundo informações de Aníbal, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) deve criar a placa encabeçada por Tebet.

“À medida que for definida essa coligação, esse apoiamento, que já estava muito anunciado, e que tenhamos uma candidatura uma vez que a do Tasso Jereissati de vice, a gente possa viabilizar essa melhora na intenção de voto da Simone Tebet. A repudiação dela é muito baixa”, avaliou.

Debate

CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também