Weather Widgets for Websites by Weatherwidget.org

Saiba o que fazer se você perdeu o prazo de suplente das ações da Eletrobras

Por redação

O prazo para os trabalhadores fazerem suplente de ações da Eletrobras utilizando o saldo do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) terminou na quarta-feira (8).

Os interessados tinham a possibilidade de empregar um valor mínimo de R$ 200, tento porquê supremo utilizar até 50% do saldo disponível na conta do fundo.

Segundo a Caixa Econômica Federalista, a expectativa era que ação movimentasse até R$ 6 bilhões pelos FMP-FGTS (Fundos Mútuos de Privatização).

No entanto, o banco informou que, para aqueles que perderam o prazo, não existe a expectativa de retorno dessa possibilidade, uma vez que ela depende de vários trâmites legais para ser autorizada.

Procurada, a Eletrobras informou, em nota, que “qualquer novidade informação a oriente saudação será comunicada formalmente ao mercado”.

Segundo especialistas, caso o trabalhador tenha perdido o prazo, não poderão mais realizar o operação via fundo. “Ainda é provável fazer a compra de ações da empresa, mas não mais utilizando os recursos do FGTS”, explica Gustavo Fabricio, sócio da RPS Capital.

A suplente de ações ocorre porquê secção do processo de capitalização da estatal, com expectativa de movimentar tapume de R$ 35 bilhões.

O que vem a seguir

Nesta quinta-feira (9) deve ter início a precificação das ações. Ou seja, será analisado o preço médio que os investidores demonstraram ter interesse em remunerar pelas ações da Eletrobras.

Já na próxima segunda-feira (13), a expectativa é de que comecem as negociações na B3, bolsa de valores de São Paulo.

A Eletrobras

A Eletrobras tem perto de 51 gigawatts (GW) em capacidade instalada de geração — equivalente a 29% do parque gerador do Brasil — e mais de 70 milénio km de linhas de transmissão, ou 43,1% da rede vernáculo.

Um dos propósitos da capitalização é fazer com que a companhia tenha condições de aumentar seu nível de investimentos e se tornar mais competitiva no mercado.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também