Reajuste do transporte público será inevitável com aumento do diesel, diz presidente da FNP

Por redação

O presidente da FNP (Frente Pátrio dos Prefeitos) e prefeito de Aracaju (SE),  Edvaldo Nogueira (PDT – SE), em entrevista à CNN, afirmou que o reajuste do transporte público será inevitável com aumento do diesel. A subida no combustível de 8,8% para as distribuidoras passou a valer nesta terça-feira (10).

De concordância com Nogueira, o diesel corresponde a 26% da tarifa cobrada nos ônibus – o segundo maior item que compõe o cômputo do preço do bilhete de transporte – detrás unicamente das questões pessoais, uma vez que mão de obra.

Apesar do aumento totalidade do combustível no ano de 47%, nenhuma prefeitura concedeu um reajuste. Porém, o presidente da FNP afirmou que “[dessa vez], dificilmente qualquer prefeito conseguirá segurar o aumento”.

Ele aponta também que um segundo aumento poderia ser evitado se a Câmara dos Deputados aprovasse o Projeto de Lei 4392/2021, dos senadores Nelsinho Trad (PSD) e Alexandre Giordano (MDB). O PL visa obrigar o governo a custear com a tarifa gratuita dos idosos.

O projeto já foi revalidado no senado, e está tramitando na Câmara dos Deputados. Nogueira disse que o projeto de lei estará no plenário na próxima semana, quando o presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), voltará de uma viagem.

 

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também