Weather Widgets for Websites by Weatherwidget.org

Promoção e Defesa Social reúnem-se para alinhar ações coordenadas com pessoas em situação de rua

Por redação

Na manhã da última quinta-feira, 6, o Secretário de Governo Sandro Cesar Oliveira Almeida reuniu-se com a Secretária de Promoção Social Regina Ramil e com o Secretário de Defesa Social Coronel Almeida para planejar ações conjuntas entre as secretarias para abordagem social das pessoas em situação de rua do município. Também estiveram presentes o Comandante da Guarda Civil Municipal Mirovaldo Farabello, o Coordenador da Defesa Civil Ronaldo Ramos da Silva, o Diretor de Trânsito Luis Gustavo Pereira e o vereador André Siqueira.

O Secretário de Defesa Social apresentou um balanço da ação de sua pasta realizada no início da semana na Rodoviária e que envolveu membros da GCM, do Canil, do Trânsito e da Defesa Civil.

Regina Ramil apresentou dados levantados pela equipe do Centro POP e fez questão de lembrar que Itapira é a única cidade da região que conta com um serviço voltado para o atendimento de pessoas em situação de rua. Atualmente são 93 pessoas identificadas que utilizam a rua como espaço de convivência. Destes, 73 estão cadastradas e sendo atendidas pelo Centro POP. “Alguns passam o dia no serviço com atendimentos em pequenos grupos, sem que haja aglomeração, principalmente com atividades dirigidas e individuais, seguindo as normas de segurança sanitária”, completou a Secretária. Diariamente, são atendidas, em média, 35 pessoas.

A Secretária de Promoção Social também disse que em breve será implantada na Rodoviária a sede do Serviço de Abordagem Social, com equipe composta por assistente social, psicólogo e educador social. Essa equipe fará a abordagem ‘in loco’ e também a abordagem sistemática com as demais pessoas espalhadas pela cidade, para que deixem de ocupar a rua e aceitem alternativas, como por exemplo, voltar para a cidade de origem.

“Essas ações articuladas têm como objetivo principal oferecer orientação a essas pessoas acerca dos serviços disponíveis que auxiliam essa parcela da população e que podem auxiliá-los a deixar essa condição de vulnerabilidade”, concluiu Regina.

Um trabalho conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde, através do CAPSad, também está sendo articulado para ofertar capacitação da equipe técnica e também o atendimento especializado na unidade para tratamento da dependência química.

FONTE: DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL – PREFEITURA DE ITAPIRA

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também