Procon proíbe venda do suco Del Valle Fresh no Província Federalista

Por Brunialti Welinton

O Procon do Província Federalista proibiu nesta segunda-feira (16) a venda da bebida Del Valle Fresh. A decisão, que vale somente para a capital federalista, foi tomada pelo órgão depois concordar uma denúncia Instituto Brasiliano de Resguardo do Consumidor (Idec) sobre a suposta divulgação de propaganda enganosa.

De tratado com o Procon, a rotulagem e a promoção mercantil do resultado dão a entender que a bebida é suco de fruta.

“A fiscalização do órgão constatou, depois estudo das informações no site da Del Valle e verificação in loco dos rótulos e dos anúncios publicitários nos supermercados, que os produtos Del Valle Fresh não possuem a quantidade mínima de fruta para serem considerados suco, néctar ou mesmo refresco”, argumenta o Procon.

Com a proibição, a Coca-Cola, trabalhador do resultado, não poderá vender a bebida até que correções na apresentação e na publicidade sejam feitas.

Em nota à prensa, a empresa declarou que seguirá as determinações do Procon e garantiu que a bebida nunca foi classificada porquê suco.

“A Coca-Cola informa que a ilustração no rótulo da risco Fresh da marca Del Valle reflete a matéria-prima presente na bebida. Em razão do seu compromisso de transparência com o consumidor, disponibiliza no respectivo rótulo todas as informações referentes à sua constituição, incluindo a quantidade de suco presente no resultado, em estrita reparo à legislação brasileira vigente e normas regulamentadoras dos órgãos competentes da categoria. E ainda esclarece que os produtos da risco Fresh da marca Del Valle não são e nunca foram classificados porquê suco ou néctar.

A empresa garante que seguirá todas as determinações dos órgãos competentes”, diz nota da empresa.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Veja também