Preço médio do diesel vai a R$ 6,96 posteriormente reajuste da Petrobras, diz Ticket Log

Por redação

O preço médio do diesel nos postos de combustíveis do Brasil subiu 1,37% em maio até o dia 12, a R$ 6,96 por litro, na verificação com o fechamento de abril, segundo levantamento da Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil.

No mesmo período, o diesel tipo S-10 foi comercializado a uma média de R$ 7,08 por litro, um acréscimo de 1,29%.

Os preços reagiram ao último reajuste implementado pela Petrobras nesta semana, disse a Ticket Log.

Na última terça-feira, a estatal aumentou o valor médio do diesel de 8,87% nas suas refinarias, com o combustível passando a valer R$ 4,91 por litro.

Antes de passar a valer a subida, o diesel generalidade estava sendo comercializado nas bombas a uma média de R$ 6,88 por litro, e o tipo S-10, a R$ 7,02, segundo o Índice de Preços Ticket Log (IPTL).

“Com o reajuste nas refinarias, esses valores já avançaram nas bombas a 1,2% e 1,7% respectivamente, em poucos dias”, disse em nota Douglas Pina, diretor-geral de Mainstream da Repartição de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil.

A Petrobras tem afirmado que os preços praticados pela empresa são unicamente uma parcela dos valores que chegam ao consumidor final, que sofrem impacto de custos e margens de distribuição e revenda, tributos porquê o estadual ICMS e da mistura obrigatória de biodiesel.

Segundo o IPTL, o preço do diesel caminha para a quinta subida consecutiva mensal desde dezembro, período em que as médias estavam em R$ 5,61 para o diesel generalidade e R$ 5,68 para o S-10.

No recorte regional, o Nordeste comercializou o diesel generalidade pelo maior preço médio do país, a R$ 7,16 por litro no início de maio, e teve a maior subida entre as regiões, de 2,79%. Já a menor média foi registrada nos postos do Sul, a R$ 6,53.

Tendência similar foi observada para o S-10, com valores mais baixos encontrados no Sul (R$ 6,61). Já os maiores preços foram registrados no Setentrião (R$ 7,30), embora a maior subida percentual tenha ocorrido nos postos do Nordeste (2,09%).

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 milénio postos credenciados da Ticket Log.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também