Pentágono afirma que Trump ordenou a morte de general iraniano

Redação Brasil
Read Time1 Minute, 11 Second

Soleimani estava “ativamente a desenvolver planos para atacar diplomatas e membros de serviço norte-americanos no Iraque e em toda a região”.

© IRANIAN SUPREME LEADER’S OFFICE HANDOUT

O Presidente dos Estados Unidos ordenou a morte do comandante da força de elite iraniana Al-Quds general Qassem Soleimani, anunciou na quinta-feira o Pentágono.

“Por ordem do Presidente, as forças armadas dos Estados Unidos tomou medidas defensivas decisivas para proteger o pessoal norte-americano no estrangeiro, matando Qassem Soleimani”, disse o Departamento de Defesa norte-americano, em comunicado divulgado na quinta-feira à noite (hora local).

Qassem Soleimani foi morto hoje num ataque aéreo ao aeroporto de Bagdade que também visou o ‘número dois’ da coligação de grupos paramilitares pró-iranianos no Iraque, Abu Mehdi al-Muhandis, conhecida como Mobilização Popular [Hachd al-Chaabi].

As duas mortes já tinham sido confirmadas pelas televisões estatais do Iraque e do Irão.

No comunicado, o Pentágono disse que Soleimani estava “ativamente a desenvolver planos para atacar diplomatas e membros de serviço norte-americanos no Iraque e em toda a região”.

O Departamento de Defesa também acusou Soleimani de aprovar o assalto inédito à embaixada dos Estados Unidos em Bagdad no início desta semana.

O ataque ao general iraniano “tinha como objectivo dissuadir futuros planos de ataque iranianos”, acrescentou.

Numa aparente reação, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, publicou uma imagem da bandeira norte-americana na rede social Twitter, sem qualquer comentário.

0 0

About Post Author

Redação Brasil

Jornalista - MTB -0077859/SP
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Ex-moradora de rua e viciada em recuperação, garçonete ganha US$ 2.020 de gorjeta

© Fornecido por Tudo do Bem Reprodução De vez em quando, uma doação pode literalmente mudar a vida de uma pessoa. Mas também há aqueles “empurrões” do destino, que parecem recompensar as decisões acertadas e as mudanças difíceis que temos de encarar ao longo do percurso. A história de Danielle Franzoni (abaixo), uma garçonete norte-americana de 31 anos, é um exemplo perfeito dessa segunda categoria. Depois de passar algum tempo vivendo nas ruas de Detroit, maior metrópole […]

Subscribe US Now