Weather Widgets for Websites by Weatherwidget.org

Pedido para anular mudança de residência eleitoral de Tarcísio é arquivado

Por redação

A Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo arquivou, na quarta-feira (8), um pedido para a anulação da transferência de residência eleitoral do ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos) para o estado. Ele é pré-candidato ao governo paulista.

De combinação com a decisão da Procuradoria, os documentos apresentados pela resguardo do pré-candidato ao governo de São Paulo “indicam vínculos de Tarcísio com o município de São José dos Campos”, no Vale do Paraíba.

“Vínculos foram comprovados com a prova de vínculo familiar do representado nesta perímetro, onde moram sua mana, cunhado e sobrinhos, com os quais Tarcísio de Gomes Freitas mantém contato com a provável frequência”, diz a decisão.

A Procuradoria citou o item 23 da solução nº 23.569/2021 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que estabelece que para fins de transferência do residência eleitoral é necessário provar “existência de vínculo residencial, afetivo, familiar, profissional, comunitário ou de outra natureza que justifique a escolha do município”.

PSOL também pede anulação de residência eleitoral

Além do processo anulado pela Procuradoria, outra petição, protocolada pelo PSOL nesta quinta-feira (9), solicita que a transferência de residência eleitoral do pré-candidato do Republicanos seja anulada.

A ação, assinada por Juliano Medeiros, presidente da {sigla}, pede a apuração dos motivos da transferência do residência eleitoral de Tarcísio — que foi de Brasília para São José dos Campos (SP).

“Não obstante o ignorância das razões [da transferência], o veste tem poderoso relevância estadual e pátrio, diante da anunciada candidatura ao governo do estado de São Paulo de um dos principais ex-ministros do atual governo federalista”, acrescenta a petição.

Procurado pela CNN, o pré-candidato ao governo de São Paulo Tarcísio de Freitas não se pronunciou até o momento da publicação desta reportagem.

Debate

A CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também