Número de mortos depois explosão de hotel de luxo em Cuba chega a 43

Por redação

Pelo menos 43 pessoas morreram e 97 ficaram feridas depois a explosão da última sexta-feira (6) no Hotel Saratoga, em Havana, confirmou o Ministério da Saúde em enviado na noite desta terça-feira (10).

O Ministério informou que entre as vítimas há quatro menores de idade, uma pejada e um estrangeiro. Da mesma forma, divulgou uma lista com os nomas das vítimas que foram identificadas.

Na terça, o presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, visitou pela terceira vez o entorno do Hotel Saratoga, segundo a Presidência cubana. Nas redes sociais, Díaz-Canel disse que “a prioridade continua sendo encontrar os desaparecidos”.

Verosímil culpa da explosão

Acredita-se que um vazamento de gás seja a culpa da explosão no hotel, de pacto com o Gabinete Presidencial cubano, que disse que ainda divulgará mais detalhes. “Tudo indica que a explosão foi causada por um acidente”, disse o gabinete presidencial cubano.

Testemunhas descreveram uma “enorme explosão”, que destruiu ônibus e carros do lado de fora do hotel no núcleo de Havana.

Uma equipe da CNN no solo viu uma mulher ensanguentada sendo carregada do sítio da explosão. Os bombeiros estavam usando as próprias mãos para movimentar pedaços de granito e pedra para tirar as pessoas dos escombros. Pedaços de toldos metálicos, varandas e grandes pedaços de pedra estavam espalhados sobre 90 metros do hotel.

Hotel Saratoga, que foi destruído por explosão em Havana / 06/05/2022 REUTERS/Alexandre Meneghini

Díaz-Canel também visitou o hospital Hermanos Ameijeras, para onde foram enviadas várias vítimas, segundo imagens compartilhadas pelo Gabinete Presidencial no Twitter. Ele disse que a explosão “não foi uma explosivo ou um ataque, é um acidente infeliz” depois de retornar ao sítio da explosão.

Os hospitais continuam tratando todos os feridos e as atividades de resgate continuam, acrescentou.

O hotel foi construído no final do século XIX e, na dez de 1930, era um dos hotéis mais importantes da cidade. Tem 96 quartos desde que reabriu em 2005 depois uma reforma, de pacto com seu site. Personalidades uma vez que o jornalista Rafael Alberti passaram por suas portas.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também