Na véspera do TCU, PT entra com novo pedido para barrar venda da Eletrobras

Por Brunialti Welinton

Na véspera da sessão do Tribunal de Contas da União que irá estimar a privatização da Eletrobras, o PT apresentou nesta terça-feira (17) um pedido de liminar para barrar a venda da estatal.

A petição, chamada de “Petição incidental com pedido de tutela de urgência”, foi protocolada dentro de uma ação popular que o partido já havia apresentado na Justiça Federalista do Província Federalista questionando a venda.

Veja cá o documento da petição

Leia cá o protocolo da petição

O principal argumento utilizado é o que o partido considera ter havido uma subavaliação de R$ 46 bilhões no valor totalidade de privatização decorrente de erros no cômputo da potência das usinas.O pedido de liminar ocorre na véspera da sessão do TCU que irá investigar o processo.

A tendência da incisão é de confirmar o negócio, com voto contrário do ministro Vital do Rego Rebento. Se passar no TCU, o governo calcula que em 40 dias conseguirá fazer a oferta.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Veja também