Mutirão de ocupação tem longas filas de trabalhadores no núcleo de São Paulo

Por Brunialti Welinton

O Sindicato dos Comerciários de São Paulo e União Universal dos Trabalhadores iniciou nesta segunda-feira (16) um mutirão do ocupação, no Vale do Anhangabaú, no núcleo da cidade de São Paulo, que oferece 10.453 vagas de trabalho. Em procura de oportunidades, trabalhadores formaram longas filas no lugar.

Segundo o sindicato, as vagas são voltadas para o transacção e serviços, oferecidas por 64 empresas.

Dentre elas estão: vendedor, crítico de recursos humanos, operador de loja, mecânico, facilitar financeiro, novel administrativo, operador de caixa, ajudante universal, operador de telemarketing, alfaiate/modista, instalador de TV por assinatura, operador de empilhadeira, facilitar de limpeza, magarefe, promotor de vendas, padeiro, confeiteiro e peixeiro.

Os salários oferecidos partem de R$ 1.500. O feirão ocorre até sexta-feira (20) e terá atendimento das 08h às 17h, na Rua Formosa, 99, Vale do Anhangabaú.

O interessado deve apresentar o documento de identidade e o currículo. No sindicato, é obrigatório o uso de máscara de proteção contra a Covid-19.

Ou por outra, foi montada uma estrutura na extensão externa para receber os trabalhadores. Leste é o sétimo mutirão de empregos e ocorre depois mais de dois anos sem nenhuma ação ao ar livre por conta da pandemia.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Veja também