Weather Widgets for Websites by Weatherwidget.org

Minério de ferro sobe a máxima de 10 meses por preocupações com oferta

Por redação

Os contratos futuros de minério de ferro na bolsa de Dalian alcançaram o maior valor em 10 meses nesta segunda-feira (6), com a redução dos estoques do substância siderúrgico nos portos chineses alimentando um rali estimulado pelo otimismo em torno da demanda no maior produtor de aço do mundo.

O carvão metalúrgico, outro insumo da siderurgia, também ampliou os ganhos para atingir um pico de seis semanas em seguida uma enxurrada de notícias recentes sobre a mandamento da China de estimular sua economia em desaceleração e medidas para atenuar suas restrições contra a Covid-19.

O minério de ferro de referência para setembro na bolsa de commodities de Dalian da China encerrou as negociações diurnas em subida de 0,7%, a 925 iuanes (US$ 139,02) a tonelada, depois de atingir 948 iuanes no início da sessão, o maior valor desde a primeira semana de agosto.

Na Bolsa de Singapura, o contrato de julho mais negociado ficou sólido em US$ 142,70 por tonelada.

O carvão metalúrgico em Dalian subiu 4,1%, enquanto o coque saltou 1,8%.

“Os fundamentos parecem relativamente fortes”, disse Atilla Widnell, diretor administrativo da Navigate Commodities em Singapura, citando chegadas mais lentas de minério de ferro importado na China e uma queda semanal de 1,1 milhão de toneladas nos embarques australianos e brasileiros.

“As chegadas mais lentas e a manutenção de robustas taxas de utilização da capacidade do alto-forno e das saídas diárias devem resultar em uma subtracção dos estoques de minério de ferro no porto em mais 2 ou 3 milhões de toneladas esta semana”.

O estoque de minério de ferro do porto na China encolheu para 132 milhões de toneladas na semana passada, o menor nível desde o final de setembro, mostraram dados da consultoria SteelHome.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também