Weather Widgets for Websites by Weatherwidget.org

Minério de ferro cai com lucros fracos de siderúrgicas e novos lockdowns na China

Por redação

Os contratos futuros de minério de ferro caíram nas bolsas de Dalian e Singapura nesta quinta-feira (9), com traders ainda preocupados com lucros fracos das siderúrgicas chinesas, e novos alertas de Covid-19 em Xangai e Pequim aumentando as preocupações.

O contrato de referência de minério de ferro de setembro na bolsa de commodities da China encerrou as negociações diurnas com queda de 0,3%, a 924,50 iuanes (US$ 138,33) a tonelada, estendendo as perdas para um terceiro dia.

Na Bolsa de Singapura, o contrato de julho mais ativo do substância siderúrgico caiu 0,8%, para US$ 143,65 a tonelada.

O minério de ferro em Dalian subiu 19% em relação à baixa deste ano, de 779,50 iuanes por tonelada, atingida em 10 de maio, enquanto o preço spot do material de referência com texto de 62% na China saltou para 148,00 a tonelada na quinta-feira, com base nos dados da consultoria SteelHome.

“A demanda de minério de ferro no limitado prazo aumentou mais do que o esperado, mas os lucros das siderúrgicas estão fracos”, disseram analistas da Sinosteel Futures em nota, citando que os preços elevados do minério de ferro apertaram as margens do aço.

Os preços do minério de ferro agora parecem ter um potencial de subida restringido, disseram eles, com a regra da China, maior produtora mundial de aço, de reduzir ainda mais a produção nascente ano para moderar as emissões, também atenuando o otimismo sobre a demanda.

O sentimento de cautela também permaneceu depois que partes de Xangai começaram a impor novas restrições de lockdown contra Covid-19 na quinta-feira.

Locais de entretenimento e cibercafés em Chaoyang, maior província de Pequim, onde vivem mais de 3 milhões de pessoas, receberam ordem de fechamento na quinta-feira depois que um surto envolvendo bares foi detectado.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também