Weather Widgets for Websites by Weatherwidget.org

Mais de 1.000 soldados ucranianos de Mariupol foram levados para a Rússia, diz escritório russa

Por redação

Mais de 1.000 militares ucranianos que se renderam recentemente em Mariupol serão transportados para a Rússia para “investigação”, informou a escritório de notícias estatal russa TASS nesta quarta-feira (8), citando uma manancial da polícia.

“Mais de 1.000 pessoas de Azovstal foram transportadas para a Rússia. As agências de emprego da lei estão trabalhando em estreita colaboração com eles”, informou a manancial, segundo a TASS.

A Rússia também planeja transportar vários outros prisioneiros de guerra ucranianos para o território russo, acrescentou a manancial.

Entenda o caso

No final de maio, o Ministério da Resguardo da Rússia afirmou que muro de 1.000 soldados ucranianos se renderam posteriormente semanas de combates na siderúrgica Azovstal, sitiada em Mariupol.

Pouco depois, o Comitê de Investigação da Rússia – que opera uma vez que a principal mando investigadora do Kremlin – disse que interrogaria os “militantes rendidos” ucranianos evacuados de Azovstal.

As autoridades ucranianas ainda não responderam publicamente ao relatório da TASS.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também