Governo promove reunião ministerial para evitar crimes eleitorais

Por Brunialti Welinton

Em uma tentativa de se blindar de crimes eleitorais, o governo federalista marcou para esta terça-feira (5) uma reunião ministerial com integrantes da campanha à reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL).

O objetivo do encontro, marcado para as 8h30 no Palácio do Planalto, é fazer uma apresentação à equipe ministerial sobre o que é permitido e o que é vedado pela Lei Eleitoral. O presidente é esperado na reunião.

Nas últimas semanas, auxiliares presidenciais têm manifestado preocupação com a possibilidade de estruturas ministeriais utilizarem as redes sociais para fazerem propaganda de medidas do governo, o que pode infringir a legislação eleitoral.

O alerta chegou até mesmo ao Ministério da Economia, de Paulo Guedes, que, a exemplo de outras pastas, tem evitado fazer publicações em suas redes sociais que possam ser interpretadas porquê propaganda eleitoral.

As falas públicas de ministros, tanto entrevistas porquê pronunciamentos, também têm sido moduladas para evitar irregularidades eleitorais que possam ensejar processo judicial.

Alguns assessores do governo suspenderam a realização de falas de ministros para veículos de prensa até que as dúvidas sobre o que é permitido e o que é vedado na legislação eleitoral sejam esclarecidas.

Debate

CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Veja também