Governo bloqueia R$ 6,9 bilhões do orçamento; totalidade no ano é de R$ 8,7 bi

Por Brunialti Welinton

O Ministério da Economia informou nesta segunda-feira (6) o bloqueio de R$ 6,965 bilhões no orçamento de 2022. A medida visa prometer o cumprimento da regra do teto de gastos, que impede aumento de gastos públicos supra da inflação do ano anterior.

Segundo a pasta, a urgência totalidade de bloqueio seria de R$ 8,702 bilhões, depois incluídos R$ 463 milhões para a recomposição de dotações do Ministério da Economia para o atendimento de despesas emergenciais (manutenção de sistemas, pagamento de tarifas bancárias para a prestação de serviços etc).

No entanto, a suplente de contingência aprovada pela lei orçamentária deste ano, no valor de R$ 1,736 bilhão, será usada para desmoronar do montante totalidade.

As três áreas mais afetadas são o Ministério da Ciência e Tecnologia, com namoro de R$ 2,5 bilhões; O Ministério da Instrução, com R$ 1,598 bilhão bloqueado; e o Ministério da Saúde, que teve bloqueio de R$ 1,253 bilhão.

Em março, o governo já precisou fazer bloqueio de R$ 1,722 bilhão em emendas de relator. Dessa forma, o namoro totalidade anunciado em 2022 até agora é de R$ 8,687 bilhões.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Veja também