Weather Widgets for Websites by Weatherwidget.org

Estados Unidos anunciam reabertura da embaixada em Kiev: “passo importante”

Por redação

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, anunciou a bandeira sobre a embaixada dos Estados Unidos em Kiev voltou a ser hasteada nesta quarta-feira (18), no que chamou de “passo importante”. O prédio estava fechado há três meses, desde antes da invasão da Rússia.

“Hoje, estamos retomando oficialmente as operações na embaixada dos EUA em Kiev. O povo ucraniano, com nossa assistência de segurança, defendeu sua pátria diante da invasão inescrupulosa da Rússia e, porquê resultado, a bandeira dos Estados Unidos está tremulando na embaixada mais uma vez”, disse Blinken em transmitido.

“Estamos orgulhosos e continuamos a estribar o governo e o povo da Ucrânia enquanto defendem seu país da brutal guerra do Kremlin”, acrescentou, refletindo sobre o compromisso dos EUA com os ucranianos mesmo quando a embaixada esteve fechada nos últimos meses.

“Três meses detrás, baixamos nossa bandeira sobre a embaixada em Kiev, na Ucrânia, poucos dias antes de as forças russas cruzarem a fronteira da para realizar a guerra de escolha, não provocada e injustificada do presidente Putin”, afirmou o secretário.

“Quando suspendemos as operações na embaixada, deixamos simples: embora realocássemos o pessoal da embaixada dos EUA para sua segurança, isso não impediria de forma alguma nosso envolvimento e base ao povo, governo e sociedade social ucranianos muito porquê nossos aliados e parceiros”, complementou.

Blinken observou porquê esse tem sido um objetivo que o governo Biden começou a trabalhar logo que os diplomatas saíram.

“Ressaltamos nosso compromisso com a soberania e integridade territorial da Ucrânia, prometemos continuar nossa assistência e começamos a trabalhar para o dia em que poderíamos retornar a Kiev. Agora, esse dia chegou”, observou.

O secretário não especificou quantos diplomatas americanos estariam operando fora da embaixada. Ele pontuou que existem medidas de segurança adicionais em vigor – com “nossas medidas e protocolos de segurança aprimorados”..

“Estamos empenhados em enfrentar os desafios que temos pela frente. A guerra continua. As forças da Rússia infligem morte e devastação em solo ucraniano todos os dias. Milhões de ucranianos são deslocados de suas casas e lamentam a perda de seus entes queridos. Com força de propósito, reafirmamos nosso compromisso com o povo e o governo da Ucrânia e esperamos satisfazer nossa missão da embaixada dos EUA em Kiev”, finalizou Blinken.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também