Weather Widgets for Websites by Weatherwidget.org

Entenda o que é a Síndrome de Tourette, que afeta a cantora Billie Eilish

Por redação

A cantora Billie Elish, 20, falou em entrevista a David Letterman para sua série na Netflix sobre a vivência com a Síndrome de Tourette.

A quesito associada à saúde neurológica e mental é um distúrbio do neurodesenvolvimento que se torna evidente na primeira puerícia ou juventude. Os sintomas incluem movimentos motores involuntários e vocais, que podem ser transitórios ou persistirem na juventude e na vida adulta.

Os casos também podem ser associados com outras condições, porquê o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e o Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC).

Embora não haja trato para a Síndrome de Tourette, os tratamentos disponíveis podem contribuir para reduzir os sintomas e ampliar a qualidade de vida dos pacientes.

Sintomas e diagnóstico

De harmonia com a Tourette Association of America, não existem testes para confirmar o diagnóstico dos transtornos de movimentos involuntários, que incluem a síndrome. No entanto, em alguns casos, exames podem ser necessários para descartar outras condições clínicas.

“Exames de imagem e funcionais, porquê sonância e eletroencefalograma, precisam ser feitos para descartar outros problemas de saúde que poderiam mimetizar o quadro, porquê epilepsia ou lesões estruturais, porquê tumor cerebral ou hidrocefalia, por exemplo”, afirma o neurocirurgião e neurocientista Fernando Gomes, do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Em relação à Síndrome de Tourette, os pacientes devem apresentar pelo menos dois movimentos involuntários e ao menos um tique vocal, não necessariamente ao mesmo tempo. Ou por outra, esses sintomas podem aumentar e diminuir em frequência, mas devem ocorrer há mais de 1 ano. Por término, os tiques devem começaram a desabrochar antes dos 18 anos. Movimentos involuntários causados por substâncias ou outras condições médicas excluem o diagnóstico de Tourette.

“O diagnóstico é galeno, não existe nenhum fiscalização complementar que faça o diagnóstico da Síndrome de Tourette. A partir da presença desses sintomas, os tiques motores mais os vocais, por mais de um ano e que começaram antes dos 18 anos de idade, é feito o diagnóstico”, explica a médica neurologista Christiane Cobas, do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo.

As causas da Síndrome de Tourette permanecem desconhecidas. Os casos podem sobrevir em mais de uma pessoa na mesma família, o que indica que fatores genéticos estão envolvidos no desenvolvimento. Embora fatores ambientais e de desenvolvimento possam contribuir para a síndrome, nenhum agente ou evento específico foi identificado pela comunidade médica porquê motivo médio.

“Os sintomas podem evoluir para situações de coprolalia, ou seja, quando a pessoa fala palavrão ou termos inadequados, ou até mesmo gestos obscenos. Isso tudo de uma forma involuntária, o que pode trazer impaciência e constrangimento”, explica Gomes.

Tratamento

Os sintomas da Síndrome de Tourette podem levar ao comprometimento psicológico e social dos pacientes. Com o objetivo de reduzir o estigma sobre a doença, os especialistas recomendam a conscientização tanto do paciente quanto das pessoas conhecidas sobre o que é a síndrome.

Quando os tiques passam a interferir na rotina diária, porquê atividades escolares ou de trabalho, o tratamento pode ser indicado a partir da psicoterapia e do uso de medicação.

O neurocirurgião Fernando Gomes explica que a escolha da abordagem varia de harmonia com o quadro galeno e o perfil de cada paciente.

“O tratamento é feito a partir de psicoterapia, terapia cognitivo comportamental e também com a utilização de medicamentos, porquê antipsicóticos. As pessoas podem levar uma vida normal, por isso é importante fazer o reconhecimento precoce e procurar o tratamento médico especializado”, afirma.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também