Em visitante à Romênia, primeira-dama dos EUA se encontra com refugiados ucranianos

Por redação

A primeira-dama dos Estados Unidos, Jill Biden, acompanhada pela primeira-dama romena Carmen Iohannis, visitou uma escola neste sábado (7) onde conversou com educadores ucranianos e romenos, mães ucranianas e crianças.

Em seguida sua visitante à Escola Uruguai, Biden conversou brevemente com os repórteres antes de embarcar em um avião, discutindo o impacto emocional de sua visitante à escola e a coragem das mães que conheceu.

“Foi tão emocionante, patente? Acho que realmente os ucranianos sabem que estamos com eles”, disse Biden a repórteres. “Você pode ver, essas crianças realmente sofreram”, acrescentou.

“De muitas maneiras, os professores são a cola que ajuda essas crianças a mourejar com seus traumas e emoções e ajudam a dar a elas uma sensação de normalidade”, disse Biden.

Dentro de uma sala de lição, as crianças disseram a Biden que estavam contornando suas mãos e fazendo recortes de cópias das bandeiras ucranianas e romenas. A certa profundeza, uma garotinha se aproximou da primeira-dama segurando seu recorte de mão da bandeira ucraniana. Biden pediu que ela compartilhasse sua mensagem, e um tradutor ao lado da pequena afirmou que ela disse: “Quero voltar para meu pai”.

Biden sentou-se em uma mesa para conversar com um grupo de crianças que, segundo seu professor, estava trabalhando em um figura de porquê seria o mundo sem guerra.

As primeiras-damas também tiveram uma sessão de escuta com educadores e refugiados.

Anastasia Konovalvoa, uma professora ucraniana que fugiu em março para a Romênia, estava entre os que compartilharam sua história.

“Atravessei a fronteira com meu rebento de 3 anos e só pensava em porquê salvar meu rebento de uma cidade bombardeada”, disse ela. “Graças a Deus o povo romeno estava cá. Acho que nem eles esperavam que pudessem ser tão maravilhosos porque você não espera isso das pessoas”.

“Estamos com você”, disse Biden a ela. “Espero que você saiba disso”, acrescentando mais tarde, “eu acho que vocês são os incríveis, realmente”.

Biden também agradeceu a Iohannis e disse que os romenos são “heróis”.

Em seguida a sessão de audição, as primeiras-damas foram para fora, onde os alunos cantaram o hino pátrio romeno, seguido pela cantiga da marcha militar ucraniana. Jill Biden agora está indo para a Eslováquia.



CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também