Weather Widgets for Websites by Weatherwidget.org

Eleições 2022: Freixo se aproxima de consonância para ter Cesar Maia porquê vice para o governo do Rio

Por redação

O deputado federalista Marcelo Freixo (PSB) está próximo de confirmar Cesar Maia (PSDB), vereador e ex-prefeito do Rio de Janeiro porquê seu vice na placa que vai disputar o governo fluminense em 2022. Do lado de Maia, a associação é dada porquê certa, com a salvaguarda de que uma ordem enviada pela Executiva vernáculo pode inviabilizar o consonância. “Se a eleição fosse hoje, era essa a placa”, diz uma manancial.

Quem está de olho no consonância é o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD). Ele patrocina a candidatura do ex-presidente da OAB, Felipe Santa Cruz. Aliados dele relataram à CNN que ele está surpreso com a movimentação de Rodrigo Maia, presidente do PSDB no Rio. Paes e seu grupo político costuraram com Maia todos os movimentos que fizeram, desde a saída do DEM para o PSD em 2021. E esperavam, agora, que o ex-presidente da Câmara dos Deputados apoiasse Santa Cruz ao governo do Rio. Para convencer Paes, peça mediano na montagem da placa, o PT está em campo para tentar recitar uma conversa do prefeito com o ex-presidente Lula.

Do lado do PSB, o clima é de expectativa por uma resposta solene positiva de Cesar Maia. Nesta quarta-feira (08) Rodrigo Maia se reuniu com Carlos Siqueira, presidente vernáculo do PSB.

À CNN, Siqueira afirmou que não vê problema no indumentária de os tucanos estarem encaminhando pedestal a candidatura de Simone Tebet (MDB) à Presidência – o PSB indicou Geraldo Alckmin a vice na placa de Lula (PT). “É originário, cada partido tem sua preferência ao Planalto, e os estados agem de forma dissemelhante”, afirmou.

Segundo Siqueira, a chegada de Cesar Maia seria “fundamental” para “ampliar a candidatura de Freixo ao meio”. “Maia traz o componente importante da experiência administrativa para uma candidatura que não tem experiência no Executivo”, afirmou.

Apesar de terem feito suas carreiras em espectros políticos diferentes – Freixo, à esquerda, e Maia, ao meio e à direita – os dois pouco conviveram na política do Rio. O deputado federalista foi eleito pela primeira vez a um missão público em 2006, perto do término do terceiro procuração de Maia na prefeitura do Rio.

Maia, por sua vez, foi do PFL e do DEM e, se confirmado porquê vice de Freixo no PSB, fará campanha para Lula, de quem foi desafeto sobretudo em seu último procuração, quando o petista já era presidente.

No PT, a chegada de Maia foi celebrada. Integrantes do partido dizem que Freixo precisa ampliar seus votos na Baixada Fluminense – o que não necessariamente será cumprido com a chegada de Maia, com eleitorado cativo na capital. Mas o partido conta com o eminente nível de conhecimento do ex-prefeito no eleitorado. “Tem levantamento que mostra o Cesar Maia lembrado pelo votante para disputar o governo do Rio, sempre com um patamar bom de votos. Ele chega para transferir votos para placa”, afirmou João Maurício, presidente do PT no Rio.

Cesar Maia foi procurado pela CNN, mas não quis comentar o provável consonância. Já Freixo afirmou que “existem conversas” para o ex-prefeito ser seu vice, mas não deu detalhes.

Debate

A CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também