Debate CNN: Deputados discutem tensão entre Forças Armadas e TSE

Por redação

Em debate realizado pela CNN nesta quarta-feira (11), os deputados federais Paulo Teixeira (PT-SP) e Coronel Armando (PL-SC) discutiram a tensão entre as Forças Armadas (FA) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e se isso pode afetar as eleições de 2022.

Coronel Armando afirmou ter dúvidas sobre a impenetrabilidade das urnas eletrônicas e pontuou que a posição das Forças Armadas não é partidária, cumprindo o papel de instituição de Estado.

Teixeira, por sua vez, disse que as urnas sempre funcionaram corretamente: “Questionaram as urnas pelo temor do resultado, não do funcionamento”.

Armando rebateu ponderando que em nenhum momento as FA pensam em fazer questionamentos, exclusivamente foram chamadas, em um processo normal, para participar do pleito pelo ministro Luís Roberto Barroso, ex-presidente do TSE.

Durante o debate, Teixeira considerou que o tribunal está mantendo “a maior transparência” e alertou que não se pode tentar descredibilizar o processo eleitoral brasílico.

Na segunda-feira (9), o TSE respondeu aos questionamentos das Forças Armadas sobre o processo eleitoral. Na ocasião, o órgão afirmou que o funcionamento de todas as urnas eletrônicas é igual e nunca foi constatada qualquer irregularidade nos testes de integridade anteriores.

Debate

A CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também