Cidade canadense precisa ser evacuada em seguida rompimento de gelo suscitar inundações

Por redação

Os moradores de Hay River, cidade do noroeste do Canadá, receberam ordens para trespassar e encontrar abrigo devido a fortes inundações, de harmonia com um expedido de prelo da cidade na quinta-feira (12).

“Levante é um momento difícil para nossa comunidade”, disse a gestão sítio em nota atualizada na sexta-feira (13). “Por obséquio, lembre-se de que as pessoas hoje estão cansadas, preocupadas e sob muito estresse. Sejam gentis umas com as outras. Tomem ações que sejam produtivas para superar isso juntos”, continua o texto.

Os habitantes não poderão voltar para morada porque “sua presença cá é prejudicial ao nosso esforço de recuperação”, complementa o expedido.

Não há aproximação rodoviário em determinadas áreas, incluindo a Zona da Ilhota do Vale, e a “disponibilidade de serviços essenciais, incluindo saúde, alimento, transporte, entre outras” não está assegurada na cidade.

Vários resgates foram realizados e danos materiais foram relatados em toda a cidade, segundo um relatório anterior.

Tyler Martel, que mora na superfície de Hays River, disse à CNN que optou por não se retirar do sítio, apesar da ordem de evacuação.

“A cidade inteira foi evacuada pelas enchentes… metade da cidade tem chuva e gelo”, disse Martel no Facebook, com fotos mostrando as consequências das graves inundações. “Nunca vi isso antes da minha vida e espero nunca mais ver. Fiquem seguros”, adiciona.

Na tarde de sexta-feira, a chuva parecia estar recuando em algumas áreas, mas “qualquer coisa ainda pode sobrevir”, afirmou Martel à CNN.

“A cidade não estava preparada, pois isso nunca aconteceu com o lado sul da ponte antes”, acrescentou. “Na cidade velha ao setentrião da ponte, é geral ter chuva subida na primavera, pois é uma ilhota”.

O município aconselhou os moradores pela primeira vez em 7 de abril a estarem preparados para o potencial de inundações devido ao rompimento do gelo. Temperatura mais quente, derretimento da neve e aumento dos níveis de chuva contribuíram para as inundações nas últimas semanas.

Em 7 de maio, entrou em vigor o estado de emergência sítio e ordem de evacuação para a superfície.

“A ingresso na comunidade está restrita a serviços de emergência e essenciais”, adiciona a nota à prelo. “A cidade mudará completamente das ações de resposta para de recuperação mal o risco de rompimento for reduzido e os riscos ligados às inundações forem mitigados”, finaliza o texto.

Mikey McBryan, morador de Yellowknife, no lado setentrião do Great Slave Lake, gravou um vídeo de avião na quinta-feira, sobrevoando a superfície e mostrando a pista do aeroporto Hay River Merlyn Carter sob um pouco de chuva e pedaços de gelo no rio ao volta.

McBryan disse à CNN que seus pais moram em Hay River e têm danos no porão e no quintal. O aeroporto informou a comunidade que levaria pelo menos uma semana para que os serviços fossem retomados.

“A melhor segmento de tudo isso é que a comunidade está se unindo”, pontuou McBryan. “Todo mundo está se juntando e se unindo”, concluiu.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também