Campos do Jordão dá início à temporada de eventos com agenda enxurrada

Por redação

Sorte concorrido quando o friozinho começa a chegar em São Paulo, Campos do Jordão, na Serra da Mantiqueira, está com uma programação intensa já em abril.

Além do tradicional Festival do Pinhão, que começou no dia 15 deste mês e segue até 29 de maio, a cidade ganha neste ano o Arte no Outono – Campos: Cores & Cantos, uma série de shows que serão realizados no Auditório Claudio Santoro.

Começando por Paulinho da Viola, no próximo sábado (23/4), a programação segue com apresentações semanais até junho, e contará com Maria Rita, Zeca Baleiro, Sandra de Sá, Alceu Valença, Zélia Duncan e Paulinho Moska, Renato Teixeira, Chico César & Geraldo Azevedo, Lenine e Gal Costa (25/6).

Os ingressos estão sendo vendidos por R$ 40 (meia-entrada) e R$ 80 (inteira) e podem ser adquiridos pelo site Sympla – será necessária a apresentação do comprovante de vacinação.

Já o Festival do Pinhão, organizado pelo Grupo Cozinha da Mantiqueira, convidou 20 restaurantes e bares para inovar e gerar receitas saborosas com o pinhão. Todos os anos, a região organiza o evento logo no início do outono, já que a semente é um dos maiores símbolos da estação.

Entre os participantes, casas tradicionais de Campos, porquê o Dona Chica, que fica dentro do Horto Florestal em um envolvente charmoso e descerrado, cingido de verdejante. O restaurante criou uma canjiquinha com truta, pinhão e camarões (R$ 147), que serve até duas pessoas.

A cantina Nonna Mimi, com 40 anos de história, terá no cardápio uma volume recheada com ricota, espinafre e pinhão (R$ 156 – duas pessoas). Dá para passar também pela Mercearia Campos e provar o risoto de gorgonzola com pinhão cristalizado, servido com um filé-mignon com crosta de farinha panko e chips de mandioquinha com alho poró (R$ 92).

Todos os participantes estão disponíveis no site solene do festival.



Brasil61

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também