Bruno Covas tem alta de hospital e está muito bem, diz boletim

Redação Brasil
Read Time1 Minute, 12 Second

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, teve alta do Hospital Sírio-Libanês, está “muito bem” e pode exercer suas atividades normalmente, de acordo boletim divulgado por sua equipe médica nesta quarta, 18. Ele passará por exames ainda nesta semana e tem nova sessão de quimioterapia marcada para o dia 26 de dezembro.

“Na próxima sexta-feira realizará ultrassonografia abdominal e fará exames de sangue de controle. Há previsão de nova sessão de quimioterapia no dia 26 de dezembro. Assim como as sessões anteriores, será internado, pois o procedimento tem duração de 30 horas. O paciente está muito bem e pode exercer suas atividades profissionais”, diz o boletim assinado pelos médicos Fernando Ganem e Maria Beatriz Souza Dias.

Em entrevista publicada nesta quarta, o prefeito diz ao Estado não cogitar a possibilidade de se licenciar do cargo, mas que sairá se for necessário. “Havendo forças para continuar, continuo”, disse o prefeito.

O câncer de Covas foi descoberto no fim de outubro. O fígado é um dos órgãos atingidos. Os tumores malignos haviam sido detectados na cardia, área de transição do esôfago para o estômago, e sofrido metástase para o fígado e para linfonodos da região abdominal.

Em entrevista coletiva ocorrida na segunda, 9, no auditório do Sírio, o médico Tulio Pfiffer, um dos especialistas que acompanha o prefeito, havia dito que o tumor do fígado havia tido “redução expressiva” após a primeiro ciclo de quimioterapia, que consistiu em três sessões.

0 0

About Post Author

Redação Brasil

Jornalista - MTB -0077859/SP
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Isabel II profere discurso da rainha, o segundo de Boris e em pouco mais de dois meses

A monarca apresenta esta quinta-feira os projetos de lei que o Governo pretende ver aprovados e que, no caso do Executivo de Boris Johnson, têm o Brexit, o Serviço Nacional de Saúde e outros gastos públicos no topo das prioridades. Dada a proximidade entre os discursos, a cerimónia será uma […]

Subscribe US Now