Biden considera visitante à Zona Desmilitarizada da Coreia neste mês

Por redação

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, está considerando uma visitante à Zona Desmilitarizada da Coreia quando viajar para a Ásia no final deste mês, disse nesta quinta-feira (12) a secretária de prensa da Morada Branca, Jen Psaki.

Biden tem visitante programada para Coreia do Sul e Japão de 20 a 24 de maio.

Psaki afirmou que a Morada Branca ainda está finalizando os detalhes da programação na Ásia, mas uma viagem à Zona Desmilitarizada da Coreia (DMZ, na {sigla} em inglês), altamente fortificada, que separa as duas Coreias, é uma paragem de muitos que visitam a região.

Vários ex-presidentes dos EUA e o próprio Biden antes de se tornar presidente visitaram a DMZ, mas o ex-presidente Donald Trump se tornou o primeiro a encontrar um líder norte-coreano no lugar quando realizou uma reunião com Kim Jong-un, em junho de 2019, porquê segmento de sua tentativa malsucedida de persuadi-lo a desistir de seus programas de armas nucleares e de mísseis.

Psaki repetiu uma avaliação dos EUA de que a Coreia do Setentrião poderia estar pronta para realizar um sétimo teste nuclear ainda nascente mês. A Coreia do Setentrião não testa uma explosivo nuclear desde 2017, mas retomou os testes de mísseis balísticos intercontinentais nascente ano.

“Nós compartilhamos essas informações com aliados e parceiros e estamos coordenando de perto com eles”, disse Psaki.

Autoridades norte-americanas e sul-coreanas vêm dizendo há semanas que há sinais de novas construções em Punggye-ri, o único lugar de teste nuclear publicado da Coreia do Setentrião, e que Pyongyang poderá em breve testar outra explosivo.

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja também