Auxílio Brasil traz impacto de 1,04% no PIB do país, diz professor da UFPE

Por Brunialti Welinton

O professor titular da Universidade Federalista de Pernambuco (UFPE) Ecio Costa realizou um estudo sobre quais são os impactos do Auxílio Brasil na economia do país, e o Resultado Interno Bruto (PIB) será afetado positivamente em 1,04%. O município Serrano do Maranhão é a localidade com maior impactado por conta do mercê de R$ 400, tendo seu PIB afetado em 34%.

Dos 10 estados mais impactados, oito estão localizados na região nordeste; 2, na região setentrião.

“Desde 2020, com o auxílio emergencial, o foco sempre foi atender as famílias mais pobres, principalmente na região nordeste. Quando se recria o Auxílio Brasil e quando tem as famílias necessitadas uma vez que publico branco, você tem o impacto”, diz o profissional. O professor comentou também que aumentar o mercê de R$ 400 para R$ 600, traz um impacto de quase de R$ 10 bilhões na região nordeste.

O nível do desemprego na região nordeste se mantém supino, se comparado com a região sul e sudeste. Os estados da Bahia, de Pernambuco e do Rio de Janeiro tiveram as maiores taxas de desemprego no 1º trimestre deste ano, informou o IBGE (Instituto Brasílico de Geografia e Estatística).

 

 

CNN Brasil

Compartilhe este conteúdo

Veja também