Prefeitura de SP coloca 160 fiscais para multar quem fizer xixi na rua durante o carnaval de 2018

Prefeitura de SP coloca 160 fiscais para multar quem fizer xixi na rua durante carnaval

Prefeitura de São Paulo coloca 160 fiscais para multar quem fizer xixi na rua durante carnaval

A Prefeitura de São Paulo irá intensificar a fiscalização dos ‘mijões’ de rua durante o carnaval na cidade. 20 equipes com oito fiscais das Prefeituras Regionais vão percorrer os grandes blocos a partir deste sábado (3). O trabalho será acompanhado por agentes Guarda Civil Metropolitana.

O folião infrator terá que pagar uma multa no valor de R$ 500. Ele poderá recorrer entrando com um recurso administrativo em até 30 dias.

Conforme previsto em decreto, a GCM também pode autuar, mas não consegue aplicar a multa no ato da infração. Nos casos em que o flagrante se der pela Guarda, os agentes elaboraram relatório circunstanciado e encaminhá-lo à Prefeitura Regional competente, acompanhado dos dados do infrator e do registro do ato infracional. De acordo com a gestão municipal, três mil guardas civis atuarão em toda a cidade.

Sancionada em maio de 2017 e regulamentada em novembro, a lei, criada para grandes eventos, ainda não aplicou nenhuma multa nos últimos dois meses.

Nesse período, a capital paulista teve dois grandes eventos: a festa de Réveillon da Paulista e a comemoração do aniversário de 464 anos de São Paulo, que teve shows de Gilberto Gil, Paula Fernandes, Carol Konca, bolo gigante e confusão.

Autor do projeto de lei sancionado por Doria, o vereador Caio Miranda Carneiro (PSB), acredita que a força-tarefa terá um efeito multiplicador de conscientização e vê na ação um ponto de partida.

“É uma equipe que não é suficiente para o carnaval, que está gigantesco, mas mostra um esforço grande da Prefeitura para iniciar esse processo. Uma pessoa multada pode impactar 50, 100 pessoas.”

Ainda segundo o vereador, a fiscalização durante o carnaval ocorrerá, principalmente, nas regiões de Pinheiros e Lapa, na Zona Oeste, Vila Mariana e Ipiranga, na Zona Sul, Sé, no Centro, e Mooca, na Zona Leste. Após tal período, ele espera que o trabalho seja realizado não somente em períodos específicos.

“Eu acho que além do carnaval a Prefeitura pode, sim, focar em áreas perto de universidades, bares, jogos de futebol, shows. Tem várias regiões que sofrem todo final de semana porque as pessoas bebem e fazem xixi na rua”, diz.

Fonte:https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/carnaval/2018/noticia/prefeitura-de-sp-coloca-160-fiscais-para-multar-quem-fizer-xixi-na-rua-durante-carnaval.ghtml

Comentários no Facebook