Embaixada da Líbia no Brasil nega leilões de escravos e atribui acusações a ‘tentativa de intervenção’

Embaixada da Líbia no Brasil nega leilões de escravos e atribui acusações a ‘tentativa de intervenção’

Embaixada da Líbia no Brasil nega leilões de escravos

embaixador da Líbia no Brasil, Khaled Dahan, afirmou nesta terça-feira (5), em Brasília, que são falsas as alegações de um suposto leilão de estrangeiros da África Subsaariana que seriam escravizados em território líbio.

O vídeo divulgado há algumas semanas pela emissora americana CNN, mostra uma pessoa oferecendo homens, todos negros, para fazendeiros e comerciantes.

De acordo com Dahan, o país “respeita o princípio dos direitos humanos” e atribui as notícias a uma “campanha mentirosa sobre pessoas de origem africana”. Para o representante da Líbia no Brasil, esta seria uma tentativa de interferir no que ele considera “união africana”.

“A Líbia nega totalmente qualquer tipo de atividade que possa ser registrada contra os direitos do cidadão no país, confirmando a profundidade das relações de irmandade que ligam o povo líbio a seus amigos africanos.”

Em entrevista ao G1, Dahan diz se referir a “alguns países europeus” quando fala em “tentativa de intervenção” e lembra que o território líbio produz dois milhões de barris de petróleo por dia e possui gaseodutos que se ligam até a Itália.

“Muitos países estão focando na Líbia desde o colapso do regime anterior.”

Sobre a situação de venda de estrangeiros no país, o embaixador garante que são alegações “agressivas e intencionais” e que foi aberta uma investigação para apurar o caso. “Se existirem as alegações da CNN, significa que a imigração foi ilegal”.

“A Líbia confirma que este é um fenômeno de imigração ilegal e, por isso, é preciso unir os esforços nacionais e internacionais para combatê-lo”.

Fonte:https://g1.globo.com/mundo/noticia/embaixada-da-libia-no-brasil-nega-leiloes-de-escravos-e-atribui-acusacoes-a-tentativa-de-intervencao.ghtml

 

Comentários no Facebook