Carnaval 2018: Confira algumas cidades brasileiras para curtir muito o feriado

Carnaval 2018: Algumas cidades brasileiras para curtir muito o feriado

Carnaval 2018: Veja algumas cidades brasileiras para curtir muito o feriado

Agora que as festas de fim de ano já se foram, nossas expectativas – e as de praticamente todo povo brasileiro – estão voltadas para uma só data, a mais animada do ano – nosso bom e velho Carnaval.

Mas, se você ainda não decidiu qual será seu destino, e muito menos se pretende pular vestindo fantasias, abadás ou só as roupas de sempre, não se desespere.

Quase com um mês de antecedência para a festa (neste ano, o Carnaval vai do dia 10 ao 13 de fevereiro), compilamos algumas das cidades mais carnavalescas do país – do Nordeste ao Sul – e mostramos o que cada uma delas oferece de melhor durante o feriado.

Já pode arrumar as malas e ver qual dos destinos a seguir você vai preferir!


Olinda e Recife, PE

Carnaval de Olinda, em Pernambuco

Colocamos Olinda e Recife dentro da mesma categoria, já que é praticamente impossível estar em uma cidade e não dar um pulinho na outra – e vice-versa. Em Recife, as opções são das mais diversas: blocos de rua, shows e agremiações, com estilos que vão do Maracatu à MPB, entram na programação. O desfile do Galo da Madrugada, um dos mais populares e concorridos da cidade, acontece todos os anos no sábado de Carnaval, e conta com opções diferentes de camarotes e pacotes para compra. Já a festa noturna costuma ser regada a shows de brasilidades, no Polo Marco Zero, que fica localizado no Recife Antigo.

Já em Olinda é a tradição que manda. Lá você vai encontrar muito Frevo, Maracatu e, claro, os tradicionais bonecos gigantes – cerca de 500 agremiações e bloquinhos desfilam durante todos os dias da festa na cidade histórica.


Salvador, BA

Ivete Sangalo no Carnaval de Salvador

São três os principais circuitos do Carnaval de Salvador, o mais popular em todo estado da Bahia: Barra-Ondina ou Dodô (o mais badalado), Campo Grande ou Osmar e Batatinha (Centro Histórico). Entre blocos de rua e os famosos trios elétricos – que costumam oferecer shows de tradicionais nomes do axé baiano, como Claudia Leitte e Ivete Sangalo – a maioria das atrações é paga, mas há também algumas opções gratuitas.

Para quem está disposto a gastar um pouco mais, vale alugar um camarote e garantir maior conforto enquanto você curte a festa. Se você for do tipo que não se importa com a muvuca, seja feliz indo atrás do trio.

Em alguns bairros menores da cidade, também é possível aproveitar o chamado “Carnaval nos Bairros”, com palcos de diferentes gêneros musicais instalados por toda Salvador.


Rio de Janeiro, RJ

Multidão no Carnaval de rua do Rio de Janeiro

Não tem como falar de Carnaval sem citar o Rio de Janeiro, né? É que a Cidade Maravilhosa, além de manter a tradição dos desfiles das escolas de samba cariocas, na Marquês de Sapucaí, tem um dos maiores circuitos de blocos de rua do Brasil – já são mais de 300 e o número só aumenta a cada ano.

A cidade inteira fica tomada pelos bloquinhos, que circulam de norte a sul com um vasto repertório – tem marchinha, orquestra e até bloco só de funk. Além disso, o cenário do Rio é de tirar o fôlego e, se o cansaço bater, dá para fazer aquela parada estratégica em alguma praia mais próxima, contemplando a natureza carioca.

Bônus: Paraty

Muita gente não sabe, mas a cidade histórica de Paraty também tem seu tradicional Carnaval de rua, com cerca de sete blocos desfilando por lá. Bonecos gigantes, bandas clássicas, máscaras e o famoso Bloco da Lama – que, como o nome já adianta, tem uma multidão coberta por lama desfilando pela cidade – completam a festa.


São Paulo, SP

Carnaval de rua em São Paulo

Foi-se o tempo em que quem morava em São Paulo tinha de sair da cidade para pular Carnaval nas ruas. Há alguns anos que a farra paulistana vai muito além dos desfiles das escolas de samba de São Paulo, no Sambódromo do Anhembi – o que, caso essa seja sua vibe, não deixa de ser uma opção.

Cada vez mais blocos de rua vêm marcando presença na festa, que já reúne multidões e faz de Sampa mais um bom destino para receber turistas brasileiros e gringos. Ah! Fique atenta à programação da cidade – a capital paulista também conta com opções incríveis de festas e blocos nos períodos de pré e pós-Carnaval.

Bônus: Votuporanga

No interior do estado, o esquema é escolher um pacote que contemple todos os shows que a cidade oferece. Em 2018, o responsável pela festa é o Bloco Oba. Se estiver em grupo, vale alugar uma casa com a galera ou reservar um hotel, já que as atrações só começam de noite.


Ouro Preto, MG

Carnaval de Ouro Preto, Minas Gerais

Igrejas, monumentos históricos e muitas ladeiras marcam o Carnaval de Ouro Preto, em Minas Gerais. A cidade, quase 100% universitária, fica lotada nessa época do ano – seja nos desfiles dos blocos de rua, ou mesmo nos blocos universitários, que você paga separadamente (os mais famosos dessa categoria são Chapado, Bloco do Caixão e Bloco Cabrobró).

Se a intenção for curtir a festa como se não houvesse amanhã, a pedida é aproveitar pacotes de hospedagem nas tradicionais repúblicas da cidade, que oferecem cama, comida, ingressos para um ou dois blocos e festas internas. Mas também é possível fazer um rolê um pouco menos intenso, se hospedando em um hotel ou pousada mineiro e comprando as atrações de sua preferência, separadamente.

Bônus: Santa Rita do Sapucaí

Parecido com o Carnaval de Votuporanga, no interior de São Paulo, Santa Rita do Sapucaí é uma pequena cidade mineira, famosa por sediar o Bloco do Urso durante o Carnaval. A festa reúne shows populares durante os quatro dias de feriado. Aqui, como esperado, a dica também é alugar uma casa ou se hospedar em um hotel da cidade, já que o som só começa a rolar no período noturno.


Belo Horizonte, MG

Bloco Carnavalesco agitando a cidade de Belo Horizonte.

Já existia Carnaval em Belo Horizonte antes mesmo da cidade ser inaugurada, sabia? É que um grupo de operários que trabalhavam na construção de BH, em 1897, desfilou fantasiado pela cidade, dando início à tradição. De lá pra cá, o Carnaval da capital mineira só cresceu e melhorou, tanto em matéria de atrações quanto de infraestrutura – no ano passado, por exemplo, 2,4 milhões de foliões passaram o feriado por lá.

Cerca de 350 blocos de rua, desfiles de escolas de samba e a chamada “Corte Momesca” – que conta com Rei Momo, Rainha e Princesa do Carnaval, fazem a festa ano após ano pelas ruas mineiras.


Florianópolis, SC

Carnaval de Florianópolis, Santa Catarina

Na chamada Ilha da Magia também tem Carnaval para todos os gostos. Começando pelo Carnaval de Salão, nos clubes da cidade, que conta com marchinhas e sambas-enredo. A programação continua com os sempre divertidos blocos de rua – sendo o Bloco de Sujos o mais conhecido. Além disso, a cidade oferece um vasto calendário de festas privadas e camarotes fechados à beira da praia, com DJs estrelados e música eletrônica. Floripa ganha pontos extra no quesito diversidade, já que, durante o Carnaval, costuma dispor de eventos especiais para o público LGBT.

Para quem deseja cair no samba, a capital catarinense também tem seu desfile anual das escolas de samba da cidade, na Passarela Nego Quirido. Para completar, bares e casas noturnas de Floripa também desenvolvem um line upexclusivo para o feriado.


Já decidiu para onde você vai ir para aproveitar o carnaval nesse ano?

Fonte:https://mdemulher.abril.com.br/estilo-de-vida/carnaval-2018-as-melhores-cidades-brasileiras-para-passar-o-feriado/

Comentários no Facebook