Após choque que deixou cicatrizes, Ederson treina com capacete de olho na Champions

Após choque que deixou cicatrizes, Ederson treina com capacete de olho na Champions

Após choque que deixou cicatrizes, Ederson treina com capacete de olho na Champions

O duro choque com a chuteira de Mané, que deixou cicatrizes no rosto de Ederson, não deve impedir que o brasileiro atue na estreia do Manchester City na Liga dos Campeões. O brasileiro treinou normalmente nesta terça-feira, véspera do confronto contra o Feyenoord, e deixou viva a esperança do técnico Pep Guardiola de poder escalá-lo no duelo em Roterdã.

Ederson utilizou um capacete de proteção acolchoado – parecido com o que o goleiro Petr Cech usa há anos – para participar da atividade desta terça-feira. O goleiro já havia trabalhado normalmente na última segunda, dois dias depois da pancada recebida na vitória de sua equipe sobre o Liverpool. Apesar da imagem impactante, o jogador não teve graves lesões – apesar de ter ficado com duas cicatrizes causados pela chuteira do atacante dos Reds.

Goleiro pode aparecer em campo diante do Feyenoord, nesta quarta (Foto: Reuters)

Goleiro pode aparecer em campo diante do Feyenoord, nesta quarta (Foto: Reuters)

Responsável pelo choque que causou o corte no rosto de Ederson no último sábado, Mané terá que cumprir os três jogos de suspensão anteriormente anunciados pela Football Association (FA). A entidade negou, nesta terça-feira, o recurso pedido pelo Liverpool e manteve a punição ao meia-atacante. Assim, o jogador ficará fora das partidas contra o Burnley e o Leicester, pelo Campeonato Inglês, e a estreia do clube pela Copa da Liga Inglesa, contra adversário a ser definido.

O Manchester City enfrentará o Feyenoord nesta quarta-feira, às 15h45 (de Brasília), pela primeira rodada do grupo F da Liga dos Campeões.

Comentários no Facebook